|
|
Search
Close this search box.

Sobre

Sobre

A Nova Rota

Nova Rota do Oeste tem a concessão da BR-163/364 e Rodovia dos Imigrantes (BR-070), entre os municípios Itiquira (MT) e Sinop (MT), trecho com extensão de 850,9 quilômetros. A principal missão da Concessionária é transformar o principal corredor de escoamento da produção agroindustrial do Centro Oeste, em uma rodovia cada vez melhor e mais segura. 

Para isso, a empresa trabalha em projetos para ampliar a capacidade de tráfego (duplicação em alguns trechos), garantir a manutenção da rodovia, promover o atendimento operacional e desenvolver as comunidades cercadas pelas rodovias.  Ao todo, 19 municípios estão compreendidos na extensão concedida, entre eles a Capital mato-grossense. 

Inicialmente chamada Rota do Oeste, a Concessionária chegou em Mato Grosso em 2014 e assumiu a administração da rodovia em 20 de março de 2014, por meio de um contrato de concessão firmado com o Governo Federal. Após o enfrentamento de desafios, o controle da Concessionária foi adquirido pela MT Par, uma Sociedade de Economia Mista do Governo de Mato Grosso, passando então a ser a Nova Rota do Oeste, uma empresa mais forte e com todo o potencial que o Estado merece.

Nossa história

Linha do tempo

MT Par

Participações e Projetos

A MT Participações e Projetos  S/A – MTPAR é uma sociedade anônima de economia mista e capital fechado, que tem como sócio majoritário o Governo do Estado de Mato Grosso, foi criada pela Lei Estadual nº 9.854, de 26 de dezembro de 2012 com intuito de auxiliar o Estado de Mato Grosso na realização das políticas de governo que envolvem investimentos públicos e privados em áreas prioritárias, tais como inclusão social, parques tecnológicos de inovação, ciência e tecnologia, mobilidade urbana, habitação, saneamento, educação, meio ambiente, dentre outros.

A MTPAR atua no Programa de Parcerias Público-Privadas (PPPs) no Estado de Mato Grosso, regido pela Lei 9.641/2011, como membro efetivo do Conselho Gestor de PPPs (CGPPP) e como Secretaria-Executiva do CGPPP; e também presta assessoria na co-criação de soluções, estruturação e viabilização de projetos de natureza público-privada aos órgãos e entidades estaduais e municipais.

Em consonância como Plano de Governo do Estado de Mato Grosso, a MTPAR tem trabalhado na execução de políticas de desenvolvimento e viabilização de parcerias entre o poder público e a iniciativa privada, especialmente as que contribuam para a atração de investimentos, redução das desigualdades regionais, a competitividade da economia, a geração de empregos e a inovação tecnológica. Possui como missão Mobilizar recursos e parceiros, públicos e privados, para atender às demandas estratégicas de governo na estruturação e viabilização de projetos sustentáveis.

Bem público, interesse coletivo, desenvolvimento socioeconômico sustentável, parceria com o setor privado, disponibilização de equipamentos e serviços públicos de qualidade ao cidadão, transparência, são todas essas premissas que norteiam o trabalho desenvolvido pela MTPAR

Investimento na BR-163

Obras

Com a repactuação do contrato de concessão da BR-163, por meio do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) assinado entre a Concessionária e a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), a BR-163 receberá R$ 7,5 bilhões em até 8 anos.

O TAC prevê a conclusão das obras previstas no contrasto original da BR-163 e alguns novos escopos de serviço:

  • Duplicação de 442 quilômetros;
  • Construção de 34 dispositivos de trânsito (trevos, diamantes e trombetas)
  • 7 passarelas para pedestres 
  • Construção de 26 quilômetros de vias marginais
  • Infraestrutura de fibra ótica em todo o trecho
  • 499 câmeras de videomonitoramento

Obras concluídas

Prestando contas

Desde que chegou em Mato Grosso, a Nova Rota trabalha dia e noite com um único objetivo: levar o que há de melhor aos usuários da BR-163. Pelo caminho há muito o que fazer e olhando para trás muito já foi feito também. 

Confira o que já entregamos para vocês!

TAC

Termo de Ajustamento de Conduta

Após a inviabilidade de dar continuidade no contrato de concessão original, a Concessionária e a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) iniciaram uma tratativa para repactuar prazos de obras e o escopo de trabalho, chegando à assinatura de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) em 4 de outubro de 2022.

O documento com a repactuação das obrigações contratuais foi fundamental para a solução do contrato de concessão da BR-163/MT. Diante da nova realidade para cumprimento do contrato, foi possível a troca de controle acionário da, então Rota do Oeste, que passou a se chamar Nova Rota do Oeste após a MT Par assumir a demanda.

Inovação e Tecnologia

Evolução Constante

Maecenas dapibus metus sit amet felis cursus varius eu in ligula. Integer faucibus iaculis mollis. Aliquam est elit, hendrerit eu ipsum eget, ullamcorper lacinia risus. Curabitur sed est venenatis, ullamcorper mi finibus, fermentum enim. Ut ac turpis et nisi malesuada suscipit.

Quisque orci eros, iaculis et efficitur sit amet, porta non nibh. Sed molestie tortor quis neque facilisis, non rhoncus elit semper. Aenean varius vulputate diam. Aliquam est elit, hendrerit eu ipsum eget, ullamcorper lacinia risus. Curabitur sed est venenatis, ullamcorper mi finibus, fermentum enim. Ut ac turpis et nisi malesuada suscipit.

ESG na Nova Rota

Governança ambiental, social e corporativa

A Nova Rota do Oeste adota uma política de sustentabilidade robusta que se alinha com os princípios ESG (Ambiental, Social e de Governança).

No âmbito ambiental, promovemos práticas sustentáveis e implementamos medidas para minimizar os impactos ambientais negativos do trecho sob concessão, como a adoção de práticas de gestão eficientes de recursos naturais, programas relacionados a eficiência energéticagestão de riscos e emergências ambientais, programas socioambientais e de preservação da biodiversidade, buscando o equilíbrio entre o desenvolvimento econômico e a proteção do meio ambiente ao longo da rodovia. 

Em relação ao aspecto social, a segurança viária e a preservação da vida dos usuários são prioridade, com a realização de programas, projetos e ações de educação no trânsito e de prevenção de acidentes.

Internamente a conscientização sobre direção segura e investimentos em programas de capacitação e bem-estar para as equipes garantem que todos estejam alinhados aos nossos valores organizacionais. Além disso, valorizamos as comunidades locais, buscando parcerias e iniciativas que promovam o desenvolvimento socioeconômico e cultural/educacional das comunidades interceptados pela BR-163.

No que diz respeito à governança, rigorosos padrões éticos e de transparência são adotados em nossas operações, mantendo altos níveis de integridade e conformidade regulatória, além de promover uma cultura organizacional baseada na ética e na responsabilidade corporativa.

Essa abordagem holística da sustentabilidade demonstra o nosso compromisso com a criação de valor de longo prazo, tanto para nossos stakeholders quanto para o meio ambiente.

Rolar para cima
Pular para o conteúdo